Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Confie no PP- Pensamento Positivo

Quinta-feira, 31.05.18

   Confesso que houve uma fase em que achava que pensamento positivo era treta, pura ilusão, perda de tempo.... sobretudo porque nas horas más queria que tudo se resolvesse "para ontem"; Diziam-me para ter pensamento positivo, mas pertenço à geração dos "apressados" , tentava ter mas isso demorava muito a trazer resultados;   felizmente que, com o tempo e muita leitura, aprendi a ser mais paciente e a aceitar as coisas menos boas como valiosas lições na minha vida; Realmente não damos valor ao poder dos nossos pensamentos, nem nos apercebemos que a alegria dos dias, está em mudarmos a programação mental; 

  Partilho com vocês, este texto de Javier Fis Péres, (que já tenho falado aqui) sobre o pensamento positivo: 

" Nem sempre podemos escolher tudo na vida, mas é certo que podemos sempre escolher como pensar. Se somos livres para pensar da forma como queremos, por que nos limitamos a pensar negativamente? A psicologia atual estuda muito o poder da mente sobre o comportamento dos indivíduos e até mesmo sobre o comportamento dos outros (através dos neurônios-espelho).

O pensamento positivo leva à escolha da melhor das possibilidades que encontramos diante de um acontecimento. Isto quer dizer que somos conscientes de nossa situação e que temos habilidades para conseguir o que desejamos.

De forma semelhante, as atitudes positivas estão relacionadas a emoções positivas, que são todas aquelas que nos levam à ação e à criação de oportunidades.

Quando nos sentimos competentes, criamos em nosso interior a convicção de sermos capazes de realizar algo concreto que temos nas mãos.

Por outro lado, as emoções negativas levam à passividade, à incerteza e ao abandono de muitas possibilidades que poderíamos realizar com toda a tranquilidade.

“Temos 60.000 pensamentos por dia, e a maioria é negativa” (Sharon M. Koeing). Nosso desafio é transformar esses pensamentos, tornando-os positivos. Assim é a mente humana: ela tem um enorme poder sobre a realidade e sobre nós mesmos.

Conselhos para potencializar o pensamento positivo:

  1. Evite as reclamações e críticas constantes

As reclamações habituais atraem pensamentos e emoções negativos, já que estão carregadas de reprovações, inconformismos e julgamentos. Elas não são construtivas, e, simplesmente, formam um nó de negativismo.

A mudança de hábito não acontecerá do dia para a noite. Mas não se preocupe: a capacidade de adaptação do nosso cérebro é muito grande.

Simplesmente tente fazer, ao invés de se preocupar com as coisas. Vá aplicando as melhores opções que aparecem em sua inteligência.

  1. Seja livre para pensar e agir

Seja responsável pelo que você sente. Você tem a capacidade de escolher, e, por isso, não permita que os outros interfiram em suas emoções. É preciso pensar com a própria cabeça, sem deixar muito espaço para o que os outros vão dizer. A vida é sua.

  1. Concentre-se nos problemas que podem ser solucionados

As preocupações e lamentações somente vão causar mal-estar emocional.

  1. Não dê importância às pequenas coisas

Seu sentimento de desgosto é seu pior inimigo. É preciso distinguir entre o que vale a pena e é importante e o que não é.

  1. Procure dar espaço ao silêncio para ter serenidade e paz interior

Quando você se sentir com raiva, relaxe, preste atenção em sua respiração e lembre-se de que a serenidade interior não depende de acontecimentos externos, mas da maneira como nós enfrentamos a vida.

  1. Viva o presente

Não podemos mudar o passado nem adivinhar o futuro. Por isso, eliminaremos o rancor do primeiro e a ansiedade pelo segundo.

O melhor é viver o aqui e agora, fazendo com que o dia valha a pena. Essa atitude é a melhor garantia para se construir um futuro edificante.

Se queremos uma vida positiva, temos que começar por nos habituarmos a um pensamento positivo, pois, no comportamento humano, as atitudes são uma expressão dos próprios pensamentos, crenças e preconceitos que condicionam nossa vida."

pp.jpg

 

 

Fonte : JAVIER FIZ PÉRES

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria Oliveira às 20:12


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.