Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PARA RIR a PENSAR 1

Terça-feira, 06.03.18

     Encanta me a personagem de Mullah Nasrudin; Não sei ao certo quem a criou, diz -se que é um herói dos contos turcos, tipo o Bocage português; Desde que conheci alguns dos seus contos no livro Cabaret Mistico de Alejandro Jodorowsky, utilizo- os com frequência em diversas situações do meu dia a dia; Também irei partilhar alguns com vocês; São contos humoristicos, leves,  mas que carregam lições de moral e de vida e que provocam o pensamento ; com certeza muitos de vocês já conhecem mas é sempre bom recordar sobretudo obrigar nos a pensar .... ; 

    Hoje estive a conversar com um colega  ,desanimado com o fraco sucesso do seu projeto (mas que pouco tem contribuido para ele) e lembrei me deste conto : 

    Certa vez, Nasrudin estava na praça do mercado conversando com as pessoas e em determinado momento ele anunciou:
   
        – Amigos deste lugar! Querem conhecimento sem dificuldade, verdade sem falsidade, realização sem esforço e, progresso sem sacrifício?

Logo, havia uma multidão em sua volta gritando:

– Queremos, queremos!

Então, Nasrudin disse:

– Eu também. Podem confiar em mim, contarei a vocês sobre tudo isso .... caso algum dia eu descubra algo assim.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria Oliveira às 22:51

Nunca faças .... mas se fizeres, sempre podes voltar a não fazer

Terça-feira, 06.03.18

       Já li alguns livros do Alejandro Jodorowsky e embora não sendo de uma leitura fácil e leve, é impossível não nos deixarmos envolver pela magia, a mística  e verdades que transmitem ;  Ele fala das profundezas da alma e da mente como ninguém; O meu preferido é o Cabaret Místico ( penso que só existe versão em espanhol) ; Comprei na Wook ,em promoção e foi dos melhores livros que li até à data, embora esteja em espanhol, compreende-se bem ; Agradeço imenso ao meu maninho, por isso; E hoje queria partilhar alguns ensinamentos,que podem te ajudar também; Há muitos mais "Nuncas" que deveriam ser orientação na nossa vida , mas resumi a estes : 

   1. Nunca faças de uma actividade, o motivo da tua existência, entrega- te à  tua própia vida, não delegues o teu poder; Não busques o sentido da tua vida nas coisas, mas em ti próprio; 

2. Nunca afirmes algo sem dizer : até certo ponto , neste lugar  e até à data ;  é impressionante como certas afirmações nossas            passam a obsoletas em dois tempos; 
          3. Nunca faças totalmente o que fazes ! O que fazes, à medida que o fazes, se vai fazendo sozinho; Vai te dando , vai construindo, vai fazendo, sem pressas, prazos ou na totalidade; Não te entregues por inteiro de uma só vez, não construas o teu mundo com pressas, faz o que tens a fazer , mas fazendo.... 
                  4. Nunca mais admitas a possibilidade de fracassar. Ao que os outros consideram fracasso, chama tu, de experência  enriquecedora; 
                          5. Nunca digas algo de alguém se não és capaz de o dizer na sua presença ! Sê assertivo e transparente! Que melhor paz que a leveza da tua consciência e a limpidez da tua alma; 

cabaret mistico.jpgNamaste 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria Oliveira às 14:00